• Criai Paraná

CARTÃO FUTURO EMERGENCIAL é criado para manter vagas de emprego de jovens


Foto: Agência Estadual de Notícias

O governador Ratinho Junior lançou, nesta terça-feira (08), o site www.cartaofuturo.pr.gov.br. Por lá, empresas interessadas podem se cadastrar para participar do programa Cartão Futuro Emergencial, criado pelo Governo do Estado para estimular e manter as contratações de jovens aprendizes.

“O objetivo é manter até 15 mil vagas de emprego de jovens de 14 a 18 anos no Estado. Vale lembrar que dar oportunidade de trabalho aos jovens é fazer com que se tornem protagonistas de suas próprias histórias. Eles se tornam mais preparados para os desafios do futuro, absorvem os valores da empresa se tornando ótimos candidatos para oportunidades no mesmo lugar em que iniciam sua carreira”, afirmou o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo e presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná.


De acordo com o programa, o empregador que mantiver contrato ativo com aprendizes menores de 18 anos terá acesso à subvenção econômica de R$ 300,00. O valor é referencial por aprendiz e valerá por um prazo de 90 dias a partir da solicitação. Aqueles que contratarem novos aprendizes, mesmo que em substituição dos que tiveram o contrato encerrado durante a pandemia, terão acesso a R$ 500,00.


Nos dois casos os empregadores deverão manter os contratos com os aprendizes por, no mínimo, mais 60 dias após o pagamento da última parcela da subvenção. Eles também ficarão responsáveis pelo pagamento das demais verbas salariais, bem como pelos encargos trabalhistas e previdenciários.


“Neste momento de pandemia é algo emergencial, mas quando voltar à normalidade pretendemos estender para que possa atingir o maior número de jovens paranaenses. Será o maior programa de primeiro emprego do Brasil”, destacou o governador Ratinho Junior.


O programa emergencial é um desdobramento do Cartão Futuro, criado no ano passado pelo Governo do Estado com o intuito de incentivar a inserção de jovens no mercado de trabalho. Ele terá validade enquanto durar a situação de calamidade pública.


Com informações da Agência Estadual de Notícias

11 visualizações0 comentário
BOTAO DO PANICO.png