• Criai Paraná

Criai apresenta Voto de Repúdio em relação ao filme “Como se tornar o pior aluno da escola”


Foto: Reprodução

“Estou indignado, perplexo com as cenas que vi do filme Como se tornar o pior aluno da escola, produzido no ano de 2017 e que agora está sendo exibido na plataforma Netflix. Exigimos, através de requerimento, que as autoridades competentes apurem os fatos e tomem as providências cabíveis. Pedofilia é crime, não deve ser motivo de piada em circunstância alguma! Isso, para mim, é uma afronta às crianças e à família”, disse o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). O deputado apresentou, nesta segunda-feira (14), na Assembleia Legislativa, um requerimento de Voto de Repúdio.


Políticos de todo o país estão pedindo providências contra o filme, que é acusado fazer apologia ao abuso sexual infantil, de promover a pedofilia. Em uma das cenas, o personagem que interpreta um professor instiga dois garotos menores de idade a pararem de discutir e pede que o masturbem. Os meninos reagem com surpresa, negando o pedido. “O que é isso, preconceito nessa idade? Isso é supernormal, vocês têm que abrir a cabeça de vocês”, diz o personagem, que em seguida abre a braguilha da calça e puxa a mão de um dos meninos em direção a ela.


Veja o trecho do filme:


4 visualizações0 comentário
BOTAO DO PANICO.png