Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Criai Paraná

Criai busca explicação do INSS no caso de criança que teve o benefício cortado



Esta semana, o facebook da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) divulgou um vídeo de um relato emocionante da Letícia Fanini Silva (assista: https://www.facebook.com/criaiparana/posts/2552890494761309?__tn__=-R).


Ela é mãe do Lorenzo, 4 anos. A criança é assistida pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC). No entanto, em julho desse ano, o pagamento foi bloqueado sem explicações. Ela conta que tentaram, por diversas vezes, informações e o desbloqueio pelo telefone 135. Mas se recusaram mesmo alegando o decreto 9462, que determina o desbloqueio em até 10 dias para apresentação de defesa.


No dia 01 de agosto, Letícia disse que conseguiu agendar para realizar o desbloqueio pessoalmente na unidade do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) da Visconde de Guarapuava, em Curitiba, no dia 05, às 8h. Ao ser atendida, contou que informaram que não fariam o desbloqueio, porque havia sido agendado a defesa direto (recurso). Ela conta que argumentou dizendo que, até o presente momento, não sabia o que estava acontecendo e que sabia da determinação do decreto. “Não houve vontade alguma em resolver a situação. Não realizaram o desbloqueio e tão pouco agendamento de novo atendimento”, explicou a mãe do Lorenzo.


A Criai ficou sabendo da situação dela e entrou no caso! Já agendou uma reunião com o gerente executivo do INSS para tratar do benefício do Lorenzo, na próxima segunda-feira (12), às 14h, na sede do INSS em Curitiba com a finalidade de resolver o problema do Lorenzo e de todos os outros beneficiários que enfrentam situação similar.

342 visualizações
BOTAO DO PANICO.png
  • Facebook