Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Criai Paraná

Criai e Conselho do Idoso querem regulamentar uso de bicicletas e patinetes motorizados no Paraná



Os assessores da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) receberam, nesta sexta-feira (23), o presidente do Conselho Estadual do Idoso (CEDI), Jorge Nei Neves, para firmar parcerias na elaboração de políticas públicas em prol dos idosos.


“Estamos trabalhando para construir uma rede de proteção para nossos idosos junto com o governo Ratinho Junior. Pesquisas revelam que, em dez anos, o Paraná terá mais idosos do que crianças”, disse o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Criai.


Um dos pedidos do CEDI e da Criai é para que sejam criadas Delegacias Especializadas em Proteção ao Idoso no estado. “Temos recebido denúncias constantes de golpes financeiros contra idosos e esta é uma das formas de violência. Violência que é praticada por gente que vive dentro da casa deles: filhos, netos... Uma Delegacia especializada iria fazer com que esse ciclo de violência doméstica diminua”, explicou o presidente do Conselho Estadual do Idoso.


Outro ponto que chamou a atenção e a Criai que, por meio de seu presidente já está tomando providências, é a elaboração de uma CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO e também uma lei para regulamentar o uso de bicicletas e patinetes motorizados no Paraná. “Temos que regulamentar e, desta forma, disciplinar o uso destes veículos. Estimular o uso consciente! Em Curitiba, já foram registrados casos de idosos que foram atropelados por patinetes. E outro ponto interessante é que deste encontro com a Criai também saiu a ideia de que se ofereça triciclos motorizados para as pessoas que tem dificuldade de locomoção e idosos”, disse Jorge Nei Neves.


“Essa presença efetiva de representantes do Conselho do Idoso na Criai vem fortalecer nosso trabalho e quem ganha com isso são os nossos idosos”, destacou o deputado estadual Cobra Repórter.


O atendimento e a proteção à pessoa idosa é uma prioridade do governo Ratinho Junior, e a secretaria estadual da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) é uma das principais responsáveis pelas políticas públicas nessa área. É também a Secretaria que administra o serviço Disque Idoso – que no primeiro semestre de 2019 registrou mais de 600 denúncias pelo telefone 0800 41 0001 e pelo email disqueidoso@seds.pr.gov.br, sendo a grande maioria delas por violência física praticada por familiares, com associação ao uso de drogas e bebidas alcoólicas. Também a campanha “60+, e daí?” tem levado para as ruas atendimentos e orientações sobre os direitos da pessoa idosa.

35 visualizações
BOTAO DO PANICO.png
  • Facebook