• Criai Paraná

Criai participa de reunião da Fortis para definir as ações de 2020



Assessores da Comissão Permanente da Assembleia Legislativa (Alep) que Defende os Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) participaram de uma reunião com a Força-Tarefa Infância Segura (Fortis) realizada, nesta quarta-feira (29), para definir as ações de 2020.


O presidente da Comissão, deputado estadual Cobra Repórter (PSD), explicou que “a proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente são prioridades do governador Ratinho Junior e o objetivo deste encontro foi alinhar novas ações conjuntas entre a Criai e a Força-Tarefa Infância Segura”.


Durante a reunião, o chefe do Departamento de Justiça e coordenador da Força-Tarefa Infância Segura, Felipe Hayashi, destacou que as ações de prevenção de crimes contra crianças terão esse ano o objetivo de potencializar as atividades estratégicas.

O projeto da Criai “Paraná Consciente”, lançado em novembro do ano passado em Londrina, foi uma das ações efetivas elogiadas durante o encontro desta quarta-feira. Na oportunidade, os integrantes da Comissão já informaram que outras edições do evento devem ocorrer esse ano no oeste do estado em parceria com a secretaria estadual de Justiça, Família e Trabalho (Sejuf).


Outro assunto da reunião foi o investimento na Escuta Especializada de crianças e adolescentes vítimas de violência. Os integrantes da Fortis destacaram que o Hospital Pequeno Príncipe em Curitiba atendeu 620 casos de violência contra a criança no ano passado. Em 2018, foram 586. Por isso, reforçaram a necessidade de se fortalecer ainda mais a rede de proteção com o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas da Polícia Civil do Estado do Paraná (Sicride) e o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria).


A chefe do Departamento de Políticas para Criança e Adolescente, Ângela Mendonça, lembrou da necessidade de investir na prevenção. E um meio para isso, segundo ela, seria capitalizar recursos do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca) para a criação de Conselhos Municipais dos Direitos da Criança.


O Carnaval também foi tema do encontro. A Fortis garantiu que vai marcar presença em Curitiba e outras regiões do estado com abordagens especializadas com técnicos e educadores para combater o trabalho infantil e a venda de bebidas alcóolicas para menores nesse período.


Os integrantes também discutiram as ações que serão realizadas no dia mundial Internet Segura, comemorado no dia 11 de fevereiro. O Safer Internet Day é uma iniciativa anual com objetivo de envolver e unir as pessoas na promoção de atividades de conscientização em torno do uso seguro e ético da rede.


FORTIS - Uma das primeiras ações na área da criança e do adolescente determinadas pelo governador Ratinho Junior quando assumiu o mandato foi a criação da Força-Tarefa Infância Segura de Combate a Crimes Contra a Criança.


Organizada pela secretaria estadual de Justiça, Família e Trabalho, rapidamente, a Fortis ganhou a adesão de outras secretarias e também de ONGs, prefeituras, conselhos tutelares, Ministério Público e Poder Judiciário.


A Fortis faz parte do pacto Infância Segura e congrega com seus parceiros as políticas públicas dos sistemas de justiça, segurança, assistência social, educação e saúde e prevê ações coordenadas para o acolhimento e atendimento integral às crianças vítimas de violência.

27 visualizações
BOTAO DO PANICO.png

Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Facebook