• Criai Paraná

Criai quer rigor nas investigações do caso de bebê que sofreu queimadura ao fazer teste do pezinho


Foto: reprodução G1

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná, enviou um ofício, nesta terça-feira (21), ao Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) solicitando rigor nas investigações do caso de um recém-nascido que sofreu queimadura ao fazer o teste do pezinho, no Hospital do Trabalhador, em Curitiba, segundo a família da criança.


“A avó contou que o bebê não parava de chorar após fazer o exame e verificou que o pé direito dele estava queimado. Um absurdo! Eles voltaram ao hospital e a criança foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal”, informou o deputado Cobra Repórter.


A família do bebê afirma que não tem conseguido informações sobre o que realmente aconteceu e registrou o caso nesta segunda-feira (20), no Nucria. A secretaria estadual de Saúde, que é responsável pela administração do Hospital do Trabalhador, informou que a unidade está verificando o caso.


Geralmente, o profissional que realiza o exame, em dias frios, aquece o pé do recém-nascido para garantir uma coleta mais rápida através de uma massagem. Após, fazem uma compressa morna, por cima da meia do bebê.

7 visualizações0 comentário
BOTAO DO PANICO.png