Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Criai Paraná

Criai ressalta cuidados com idosos durante pandemia de coronavírus


O Brasil confirmou a primeira morte por coronavírus nesta terça-feira (17). Trata-se de um homem de 62 anos que tinha diabetes, hipertensão e hiperplasia prostática. O grupo de risco de contágio do novo coronavírus inclui idosos, diabéticos e cardíacos. Só que o Covid-19 demonstrou ser muito mais grave em idosos: a taxa de letalidade da doença sobe para 15% em pessoas com mais de 80 anos, enquanto em jovens é menor do que a média (0,5%).


Algumas casas de repouso ou instituições de longa permanência que abrigam idosos no Paraná já suspenderam as visitas. A medida adotada temporariamente visa garantir a integridade de pessoas que são mais vulneráveis ao coronavírus.


“Temos que tomar muito cuidado! Ao visitar os avós, por exemplo, crianças e adolescentes que não apresentam sinal da doença podem transmitir o vírus aos idosos. As visitas devem ser feitas com cuidados básicos: não beijar, não dar as mãos e não compartilhar objetos”, lembrou o deputado Cobra Repórter, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).


A recomendação, portanto, é que especialmente pessoas acima de 60 anos evitem se expor. Os idosos, orienta o Governo, devem, a partir de agora, evitar viagens, cinema, shoppings, shows e outros locais de grande movimento. O deputado lembra ainda que os idosos têm maiores chances de complicações graves em razão do sistema imunológico mais debilitado e o fato de muitos idosos já terem desenvolvido doenças cardiovasculares, diabetes ou doenças respiratórias crônicas que trazem complicações clínicas.


As recomendações principais para evitar o coronavírus em idosos são as mesmas do resto da população de acordo com especialistas. O Ministério da Saúde indica lavar as mãos frequentemente com água e sabão. Além disso, evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas e cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel. Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência também estão entre as recomendações.

13 visualizações
BOTAO DO PANICO.png
  • Facebook