• Criai Paraná

Criai solicita informações sobre caso de idoso que morreu após ser envenenado


Foto: Turismo Apucarana

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), enviou, nesta quarta-feira (10), um ofício para a delegacia da Polícia Civil de Apucarana solicitando informações e rigor nas investigações do caso em que um idoso de 82 anos morreu após ter sido envenenado, sendo o suspeito o próprio filho de 57 anos.


O idoso estava internado no Hospital da Providência desde o dia 22 de julho e morreu no final da tarde desta segunda-feira (08). Ele foi hospitalizado depois de ter sido envenenado. O filho dele seria o principal suspeito. Quando foi internado, os policiais conversaram com o idoso e ele teria dito que o autor era seu filho e que não é a primeira vez ele tentava matá-lo. A Polícia Civil está investigando o caso.

1 visualização0 comentário
BOTAO DO PANICO.png