• Criai Paraná

Criai solicita informações sobre possível caso de lesão corporal e tortura em Lunardelli



A Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) solicitou, nesta terça-feira (25), mais detalhes à delegacia da Polícia Civil de Lunardelli sobre um caso que viralizou na internet neste fim de semana: um homem abaixa as calças e senta em um formigueiro para ganhar uma garrafa de corote, um tipo de cachaça.


“Segundo investigações preliminares da Polícia Civil, o homem que senta no formigueiro possivelmente teria problemas mentais e foi induzido a realizar tal atitude. O delegado que acompanha o caso informou que já está sendo realizada uma investigação para identificar os dois rapazes que incentivaram toda a ação”, disse o presidente da Criai, o deputado estadual Cobra Repórter (PSD).


De acordo com a polícia, a ação dos homens pode se enquadrar no crime de lesão corporal e tortura.

6 visualizações
BOTAO DO PANICO.png

Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Facebook