• Criai Paraná

CURITIBA - Criai pede informações à polícia sobre morte de bebê de 10 meses



O presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná, o deputado estadual Cobra Repórter, enviou, nesta terça-feira (23), um ofício ao delegado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Tito Barichello, solicitando informações relativas a um caso que chocou Curitiba: um bebê de dez meses morreu na noite de sexta-feira (19) e a polícia investiga maus-tratos e omissão!


“Pedimos, se possível, ao final das investigações, que o delegado mantenha esta Comissão informada das providências tomadas pela polícia civil a fim de trabalharmos juntos na causa de proteção às nossas crianças. O que aconteceu com esse bebê é uma atrocidade e os responsáveis merecem ser devidamente penalizados”, destacou o presidente da Criai.


O CASO – Uma criança de 10 meses foi encontrada morta dentro de casa, na noite de sexta-feira, no bairro CIC, em Curitiba. A suspeita é que ela pode ter morrido por desnutrição. A polícia investiga essa possibilidade já que a criança estaria há mais de 24 horas sem comer e beber nada.


Os pais foram encaminhados à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa. A mãe foi liberada, o pai chegou a ficar preso, mas foi liberado depois de passar por uma audiência de custódia. Ele deverá ser indiciado por homicídio doloso, mas poderá responder pelo crime em liberdade. Segundo a polícia, o pai é usuário de cocaína e foi, inclusive, abordado há duas semanas.


A mãe do bebê teria dito aos policiais que a criança comeu a última vez na quinta-feira, às 17h, e depois dormiu. Na manhã seguinte, ela disse que foi trabalhar e deixou o bebê sob os cuidados do pai.


Ele alegou que acabou dormindo à tarde e deixou a mamadeira pronta, para que a outra filha, de apenas cinco anos, desse ao bebê. De acordo com o Conselho Tutelar de Curitiba, as duas crianças do casal (de dois e cinco anos) estão sob tutela do Conselho e foram levadas ao hospital já que possuíam hematomas no corpo.

3 visualizações0 comentário
BOTAO DO PANICO.png

Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Facebook