Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Criai Paraná

Deputada Luciana chama a atenção para os índices alarmantes de suicídios entre jovens no Paraná

Texto: Thea Tavares / Assessoria Luciana Rafagnin

Foto: Orlando Kissner/ALEP.

Desde o início do mês, o Poder Legislativo do Paraná integra a campanha de conscientização e de esforços para combater os alarmantes índices de suicídios no estado. De acordo com os dados do Ministério da Saúde (Datasus/2016), 768 mortes de paranaenses foram registradas em 2016 como decorrentes de “lesões autoprovocadas intencionalmente”, o que correspondeu a uma média de dois registros de suicídios por dia no Paraná naquele ano. Em todo o País, foram 11.433 casos no mesmo período.


Em pronunciamento na sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (25), a deputada estadual Luciana Rafagnin (PT) chamou a atenção para esse drama e destacou que, com base nas informações da Organização Mundial da Saúde, no ano passado (2018) foram registrados 225 casos de suicídios entre jovens de 15 a 29 anos. 171 desses casos se concentraram na faixa de 20 a 29 anos.


“É importante estarmos atentos para essa realidade para propomos políticas públicas que previnam, ajudem a identificar e a combater esse problema, protegendo nossos jovens e a população como um todo”, disse a deputada Luciana, integrante da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

23 visualizações
BOTAO DO PANICO.png
  • Facebook