• Criai Paraná

Presidente da Criai pede agilidade na apuração de crimes envolvendo crianças



O presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (CRIAI), da Assembleia Legislativa, deputado Cobra Repórter, solicitou, por meio de ofício a urgência na apuração de dois fatos envolvendo crianças.


O primeiro é de um homem de 62 anos, que foi preso na região metropolitana de Curitiba, suspeito de se passar por policial federal para cometer estupro e produzir pornografia infantojuvenil.


O segundo caso ocorreu em Maringá, onde um homem, de 25 anos, aparece em vídeo, levando um cigarro aceso até a boca do filho pequeno, de apenas 4 anos. Segundo a polícia, no vídeo gravado pelo suspeito é possível ver um prato com drogas em cima do fogão. Na sequência, o homem oferece um cigarro aceso para o menino.


“Dois casos que nos chocam e estamos pedindo rigor nas investigações. Para que os fatos sejam apurados com urgência e que, ao final, esta Comissão seja informada das providências tomadas. Temos que proteger nossas crianças e garantir que os culpados sejam punidos após a apuração dos fatos”, destacou Cobra Repórter.

2 visualizações0 comentário
BOTAO DO PANICO.png