• Criai Paraná

Presidente da Criai quer voto de louvor para policiais que salvaram menino após pai tentar matá-lo



Um homem tentou matar o próprio filho na noite de quarta-feira (3), em Sertanópolis, mas foi impedido pela Polícia Militar (PM). “Esses heróis merecem o nosso reconhecimento. Salvaram a vida de um inocente, vítima da maldade de um pai que não merece tê-lo como filho", disse o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), que é o presidente da Comissão que Defende os Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) na Assembleia Legislativa do Paraná.


O deputado apresentou requerimento, nesta quinta-feira (04), solicitando voto de louvor aos policiais envolvidos no caso: Luan Fernando de Oliveira Neves e Fábio Gabriel Gonçalves.

Segundo informações da PM, o menino, de 8 anos, teria saído para passear com o pai. Poucos minutos depois, o homem ligou para a mãe, que é sua ex-esposa, dizendo que iria matar a criança e se suicidar em seguida.


A mãe chamou a polícia, que foi até a casa do homem. Quando chegaram, os policiais viram várias marcas de sangue e encontraram a criança deitada no chão da sala com um travesseiro em cima do rosto, um frio elétrico enrolado no pescoço e o rosto arroxeado. Foram realizadas manobras de reanimação, que fizeram a criança voltar a respirar.


O menino foi encaminhado para um Hospital de Londrina. Os policiais encontraram o homem no quintal, mas ele conseguiu pular o muro e fugir. “É difícil imaginar o desespero dessa criança ao ver que seu próprio pai a sufocava na tentativa de matar! É desesperador”, lamentou o deputado estadual Cobra Repórter.

0 visualização
BOTAO DO PANICO.png

Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Facebook