• Criai Paraná

Seminário discute combate a violência contra pessoas idosas

A Secretaria Estadual da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) promoveu um seminário na sexta-feira (14), no auditório Mario Lobo, do Palácio das Araucárias, em Curitiba, com o intuito de sensibilizar a sociedade para o combate a violência contra pessoas idosas, que deve ser entendida como uma grave violação aos Direitos Humanos. O seminário contou com a presença de idosos, técnicos da área, gestores, conselheiros municipais e estaduais. Lembrando que, no sábado (15), é comemorado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.

Foram apresentados alguns números preocupantes: nos primeiros cinco meses de 2019, já foram registradas 590 denúncias pelo Disque Idoso, um canal de atendimento da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho – a grande maioria delas por violência física praticada por familiares, com associação ao uso de drogas e bebidas alcoólicas. O número reflete um aumento significativo: em todo o ano de 2018, foram recebidas 788 denúncias (289 até maio); enquanto em 2017 foram 676 (237 até maio). “Aumentou porque as pessoas agora tem coragem de fazer a denúncia! O atendimento desse canal é qualificado, especial e as informações são encaminhadas aos órgãos competentes que tem tomado as devidas providências”, explicou o secretário Estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

“Temos que pensar políticas públicas de promoção e proteção da pessoa idosa. É muito importante a atenção aos direitos das pessoas com mais de 60 anos e que acionemos o Disque Idoso no caso de desrespeito a esses direitos”, disse o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão que Defende os Diretos da Criança, Adolescente, Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai).

SERVIÇO: DISQUE IDOSO: 0800 41 0001 (ligação gratuita e sigilosa). Atendimento: segunda-feira a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h30. E-mail: disqueidoso@seds.pr.gov.br

1 visualização
BOTAO DO PANICO.png

Criai Paraná 2019 | Todos os direitos reservados.

  • Facebook